O empoderamento do cliente no app Meu Carrefour

Nutri Escolha ajuda o consumidor a escolher produtos mais equilibrados nutricionalmente e mais baratos

Por Tempo de leitura: 2 minutos

É IRREFUTÁVEL QUE A PANDEMIA DE COVID-19 TRANSFORMOU hábitos e acelerou mudanças dentro das empresas e dos lares mundo afora. Isso já não é novidade para ninguém. Porém, há alguns aspectos desse impacto que, por acontecerem especialmente em âmbito privado, acabam não sendo observados sob a ótica coletiva. Um exemplo é a alimentação. Como ela foi alterada nesse período? Desde o acesso até a preocupação com a saúde, muitos fatores influenciaram as decisões dos consumidores nessa área. E quem manteve o dedo no pulso do consumidor percebeu esses movimentos.

De acordo com o NutriNet Brasil, o maior estudo sobre alimentação e saúde já realizado no Brasil, cresceu o consumo de frutas (de 78,3% para 81,8%), hortaliças (de 87,3% para 89,1%) e leguminosas (de 53,5% para 55,3%) desde o início da pandemia. O comportamento confirma uma tendência já apontada em 2018. Naquele ano, 71% dos brasileiros declararam preferência por produtos mais saudáveis, ainda que fosse necessário pagar mais caro por eles, segundo uma pesquisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Apesar dessa preferência, ainda faltava ao brasileiro uma ferramenta que trouxesse informações nutricionais a respeito dos produtos, de maneira acessível e por meio de uma metodologia confiável. Foi nesse contexto que o Carrefour desenvolveu o Nutri Escolha, funcionalidade ao aplicativo Meu Carrefour, que ajuda o consumidor a fazer escolhas de produtos mais equilibrados nutricionalmente e ao mesmo tempo mais baratos.

“Essa funcionalidade corrobora com o Act for Food, um movimento global do Carrefour, que tem como princípio levar alimentação saudável, barata e de qualidade para todos e nos posicionar como líderes do movimento de transição alimentar no Brasil e no mundo”, explica Luis Moreno, CEO do Carrefour Varejo.

PUBLICIDADE

Metodologia e compreensão

O executivo explica que o Nutri Escolha utiliza a metodologia Nutri  Score, que é independente e foi criada pelo Ministério da Saúde da França em 2017. Amplamente utilizada no mundo, ela considera sete ingredientes e nutrientes no cálculo. Atualmente, na tabela nutricional encontrada no rótulo dos produtos existem apenas cinco nutrientes. Por isso, o Carrefour precisa de informações adicionais que são solicitadas aos fornecedores: açúcar total e FLVNO (frutas, legumes, verduras, castanhas diversas e óleos – de oliva, canola e nozes).

“O Nutri Escolha é uma ferramenta de transparência e simplificação de informações para que o consumidor possa tomar decisões mais conscientes e fazer escolhas mais inteligentes”, sustenta o CEO do Carrefour Varejo. Essa novidade está em linha com algo que a empresa acredita, como afirma Moreno: “empoderar o consumidor de forma simples e intuitiva é o primeiro passo para uma transição alimentar mais efetiva e que caiba no bolso do consumidor ao sugerir alternativas mais baratas”.

Recurso acessível

Um dos pontos mais altos do Nutri Escolha é que ele é gratuito. Mesmo sem nunca ter comprado pelo e‑commerce da empresa, é possível utilizar a funcionalidade simplesmente ao baixar o app Meu Carrefour. Inclusive, não é preciso ser cliente para buscar ou escanear produtos individuais.

Porém, caso informe seu CPF durante as compras, o consumidor terá acesso também à lista de sugestões Nutri Escolha. A partir desse recurso, é possível verificar o histórico de compras recentes (últimos 90 dias) e ver alternativas mais baratas e com igual ou melhor pontuação nutricional. Além disso, traz o percentual de desconto possível no valor total da lista completa, dando ao consumidor o poder de decidir quanto economizar.

Olá, tudo bem? Você já pensou em receber nossos conteúdos no seu e-mail?

Todos os dias, matérias exclusivas sobre a evolução da jornada do consumidor, tendências e comportamento direto na sua caixa de entrada. Cadastre-se agora e faça parte desse mailing.
É rapidinho!